Apresentação da revista

A ex aequo é uma publicação internacional de periodicidade semestral, fundada pela Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres – APEM, em 1999, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento, visibilização e legitimação do conhecimento produzido no âmbito dos Estudos sobre as Mulheres/ Estudos feministas/ Estudos de Género.

A ex æquo é uma revista científica interdisciplinar e multidisciplinar que seleciona os contributos na base da dupla peritagem anónima (double blind peer review) e que está aberta a contributos de múltiplas áreas disciplinares e correntes de pensamento. A revista, sem prejuízo da pluralidade e multiplicidade das perspetivas presentes nos textos que publica, reserva-se o direito de só aceitar textos que respeitem os Direitos Humanos fundamentais, traduzam a valorização da diversidade da condição humana, bem como da sua integridade e dignidade.

Dado o seu carácter multidisciplinar e a finalidade assumida de “contribuir para a alteração de práticas e representações estereotipadas e discriminatórias em função do sexo ou de outras pertenças identitárias” (Editorial do n.º 16 reiterando princípios editoriais expressos no n.º 1), a ex aequo não pode aceitar artigos que se limitem à descrição/apresentação de investigações empíricas. Estas podem e devem sustentar artigos que incluam uma reflexão teórica e contribuam “para a problematização das principais questões que afetam as relações sociais entre mulheres e homens na sociedade” (ibidem). Os artigos deverão ser originais, escritos em português, espanhol, francês ou inglês e adotar uma linguagem não discriminatória, inclusiva e promotora da igualdade. A publicação na ex aequo é totalmente gratuita para os autores (não existem custos de processamentos nem de publicação).

A ex aequo está atualmente indexada em bases de referência como: Web of Science-Thomson Reuters (através do SciELO Citation Index), SciELO, CAPES, ERIH Plus, Latindex e Virtual Library of Women's History.

Todos os conteúdos da revista são publicados ao abrigo de uma licença Creative Commons CC BY NC.